Follow by Email

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

"Temos que ser felizes, independente do que aconteça"

Quase 25 anos após ter lutado (e vencido) contra um câncer, a comerciante e blogueira Vanessa Terezinha Bruni Saliba viu o mundo desabar novamente aos seus pés: foi atingida pelo câncer de mama. As suspeitas surgiram durante uma consulta de rotina com a ginecologista, em maio de 2010, quando o resultado da mamografia detectou um nódulo nos seios. Vanessa ainda fez uma biópsia antes do diagnóstico final. "Assim que abri o envelope com a má notícia, entrei em pânico, o chão abriu embaixo dos meus pés", lembra.


Foi preciso menos de um mês para que a sorocabana fizesse a cirurgia reparadora e, em seguida, desse início ao tratamento por meio da quimioterapia, com o qual conviveu durante um ano. A poucos dias do fim do procedimento, já bastante fraca e com poucos fios de cabelo, Vanessa foi acometida por uma forte pneumonia e ficou uma semana internada. Livre do câncer, ela só precisará monitorar a situação nos cinco anos seguintes para evitar qualquer recaída: no começo, era necessário realizar exames de três em três meses, mas agora o intervalo é de seis. Em breve, Vanessa só visitará a médica uma vez ao ano, como sempre fez.

Após ter superado a doença pela segunda vez, a sorocabana partiu para a cirurgia de reconstrução das mamas e, em seguida, reuniu forças para concluir um curso de Técnico em Transações Imobiliárias (TTI). O câncer também a incentivou a criar um blog para desabafar e alertar outras mulheres sobre a importância de realizar exames preventivos todo ano. "Sempre levei numa boa, nunca fiz drama. A gente se preocupa com muitas coisas pequenas quando, na verdade, devemos viver um dia de cada vez."

Uma vez recuperada, a comerciante embarcou numa travessia de navio pela Europa com o marido: foram 14 noites a bordo com perucas diferentes. "Não tive problema algum, minha careca é linda e ganhei duas perucas super naturais. Cada dia eu estava com uma cara: loira ou morena, dependendo do meu humor", brinca. Com as dores do câncer de mama, Vanessa aprendeu a selecionar os amigos de verdade e, principalmente, a valorizá-los. "Eu não tenho família, meus pais já morreram. Quando fiquei internada, minhas amigas não me deixaram um segundo sozinha", conta a blogueira. Afinal, para ela, todos nós viemos ao mundo com uma única missão: ser feliz. "A vida é tão passageira... Nós temos que ser felizes, independente do que aconteça", completa.


* Notícia publicada na edição de 31/07/13 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 011 do caderno A
http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/491117/temos-que-ser-felizes-independente-do-que-aconteca

Um comentário:

Taïs Pereira Cardoso disse...

Gosto muito de você, amiga Vanessa Bruni!<3